Polícia

Operação em Duque de Caxias à procura de assassinos de sargento da PM tem 20 presos

Vinte pessoas foram presas durante a operação deflagrada nesta segunda-feira para prender os assassinos do sargento da PM Douglas Fontes Caluete, de 35 anos, executado na madrugada do último dia 7. Duzentos e cinquenta agentes, coordenados pela 59ª DP (Duque de Caxias), participaram da ação, que ocorreu na Favela do Lixão e no Complexo da Mangueirinha, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.

Além da morte do PM, foram procurados também suspeitos — ao todo eram 45 mandados de prisão — da morte do menino Arthur Cosme de Melo, atingido por uma bala perdida quando ainda estava no ventre da mãe, em julho do ano passado.

De acordo com a Polícia Civil, foram cumpridos mandados de prisão contra presos Jorge Alex Pereira de Lima; Marco Antônio Silva Loureiro; Daniele da Silva Pereira; Charles Silva Batista, o Coroa ou Charles do Lixão; Paulo Alves Calazans, o Paulinho da Vila Ideal; Anderson Gomes do Nascimento, o Negão da Beira; Gabriel Rodrigues Paulo Sales, o Cafajeste; Rômulo Ribeiro dos Santos, o Zóio ou Baleado; Moisés Oliveira Da Silva; Igor Nascimento do Espírito Santos; Roberto do Lago Quintino, o Beto ou BT; Luiz Henrique Carvalho de Almeida, o Rabicó; Rodrigo Cosme Ferreira Gomes; Darlan Veríssimo dos Santos; Luiz Paulo dos Santos Barbosa; Vinícius Sampaio de Castro; Marcio Marques da Fonseca, o Perrega; Renato de Almeida Ribeiro, o Zé Bruxo; Erickson da Silva Ferreira, o Robô; e Jonathan Silva, o Tubarão.

Mãe de sargento também morreu

Douglas foi baleado após uma tentativa de assalto em Jardim Gramacho, Duque de Caxias. Os bandidos descobriram que ele era PM, mandaram que saltasse do carro, deitasse no chão e o executaram. Uma equipe da Polícia Militar foi acionada para a ocorrência e encontrou o agente já morto no local.

Douglas e Maria Fontes morreram nesta quinta-feira Douglas e Maria Fontes morreram nesta quinta-feira Foto: Reprodução/Facebook
Ao chegar à cena do crime e tocar o corpo do filho Maria, de 58 anos, desmaiou. Ela foi levada para a UPA de Sarapuí, em Caxias, mas morreu antes de chegar à unidade. De acordo com informação do atestado de óbito, a causa da morte foi um infarto.

 

Extra

Mostre mais

Artigos relacionados

Fechar