Entretenimento

Roberta Rodrigues ataca o ciúme de Doralice em ‘Segundo sol’: ‘É doença’

É doença. Não é algo normal. E o pior é que a maior vítima é ela mesma. Não relaxa um segundo. Não sei onde ela vai parar — analisa a atriz, de 35 anos, que vem se surpreendendo com a repercussão de sua trama: — Muitas mulheres vêm me falar que são iguais à Dora. E os caras também me dizem: “Minha mulher é igual à personagem”. O que acho uma pena, porque não há relação saudável dentro dessa loucura.

Ionan quase é atacado por Doralice quando ela descobre que Beto está vivo
Ionan quase é atacado por Doralice quando ela descobre que Beto está vivo Foto: João Cotta/rede globo/divulgação

E Roberta conhece bem o perfil de Doralice.

— Convivi bastante com uma pessoa como ela. No início, achavam engraçado, só que, com o tempo, a coisa foi ficando séria, o ciúme ficou descontrolado. O pior são as pessoas em volta continuarem achando normal. Mulher não pode bater em homem e vice-versa. Acho importante a novela mostrar um outro lado, porque tem cara que apanha de mulher também — afirma a artista, que sente o baque quando faz uma cena mais pesada: — Chego em casa e tomo um bom banho. E quando termina a gravação, eu abraço o Babaioff, peço perdão…

Sem defender a personagem, Roberta espera que vire real a possibilidade de Ionan se envolver com Maura (Nanda Costa):

— Seria bom para Doralice tomar um choque. E ele iria ver um outro tipo de mulher, que não cobra, não se sente dona. Ninguém pertence a ninguém. As pessoas optam por estar juntas.

Atriz também tem suas crises

Casada com o administrador Guilherme Guimarães há quatro anos, Roberta Rodrigues garante não ser ciumenta como Doralice, mas não nega ter seus momentos.

— Uma vez ao mês, de dois em dois meses, tenho uma crise, me dá uma coisa… Acho que mistura com a TPM (risos). É tudo da minha cabeça, Gui é bem tranquilo — diz ela, que garante nunca ter passado do limite: — O ciúme existe em todo mundo. Não desrespeitando o outro, é um sentimento natural.

Mas o que bambeia o coração da atriz é sua filha, Linda Flor, de 1 ano, fruto da união:

— Ela é quem me relaxa, é o amor da vida. Além da novela, estou gravando no Multishow (o sitcom “Tô de graça”), então, meu tempo para ela está curto. Nunca senti tanta saudade de alguém. Apesar disso, não me culpo, porque sabia que ia ser assim. Trabalho para o futuro dela e no que me dá prazer. Mais tarde, ela vai se orgulhar de mim.

 

Fonte:Extra

Mostre mais

Artigos relacionados

Fechar