EntretenimentoNotícias

Nego do Borel explica foto ao lado de Jair Bolsonaro

Em meio a polêmicas com a comunidade LGBT pelo clipe de “Me solta”, Nego do Borel viu uma foto sua ao lado de Jair Bolsonaro, pré-candidato à presidência da República, e Flávio Bolsonaro virar assunto nas redes sociais.

— Eu não apoio o Bolsonaro. Esta foto foi tirada em um jantar que eu estava também, a pedido do filho dele. Não costumo negar a tirar fotos com ninguém — diz o cantor.

Como no novo clipe o cantor beija um ator, os fãs o criticaram apenas de querer usar da comunidade LGBT para dar audiência e fez surgir questionamentos sobre representatividade, reforço de estereótipos e misoginia.

“Eu até concordaria com a ideia de que Nego do Borel está atrás de pink money se ele ainda tivesse pagando de aliado progressista desconstruído nesse vídeo, mas nem isso. Ele está só de deboche com a nossa cara mesmo. É homofóbico e é misógino”, escreveu o ativista gay e negro Murilo Araújo. “Feliz aniversário para o moço ingênuo que apoia o Bolsonaro. Anitta, põe juízo na cabeça desse moço”, escreveu outro seguidor.

Nego do Borel explicou que a ideia do beijo gay no clipe foi sua e se defendeu das críticas:

— Quis mostrar que as pessoas podem se soltar, beijar, transar, amar quem elas quiserem — disse o cantor, que já esperava que o clipe pudesse levantar críticas na internet: — Quando eu decidi fazer esse clipe sabia que poderia ser algo polêmico, mas fui em frente. A Nega da Borelli é uma personagem que, pra mim, representa a liberdade de ser quem eu sou.

Ver imagem no Twitter
Fonte:Extra
Mostre mais

Artigos relacionados

Fechar