EsporteNotícias

Agora é Libertadores! Cruzeiro se prepara para duelo mais importante do 2º semestre

Time celeste enfrenta Flamengo nesta quarta, às 21h45, no Maracanã

Há dois meses e meio, o Cruzeiro vencia o Racing no Mineirão por 2 a 1, no dia 22 de maio, e garantia a liderança do Grupo 5 da Copa Libertadores, com 11 pontos e 10 gols de saldo. Em seguida, o time fez 15 partidas – 11 pelo Brasileiro, duas na Copa do Brasil e dois amistosos. Agora, é hora de pensar novamente na competição continental, considerada prioridade no clube. Nesta quarta-feira, às 21h45, no Maracanã, a Raposa enfrentará o Flamengo pelo duelo de ida das oitavas de final. O técnico celeste Mano Menezes projeta dois grandes confrontos – o segundo será no dia 29 (quarta-feira), também às 21h45, no Mineirão.

.

“Serão dois grandes jogos, com duas grandes equipes e dois estádios maravilhosos, com ambiente que inspira quem joga e trabalha no futebol a fazer o melhor. É um grande clássico do futebol brasileiro, agora pela Libertadores”, afirmou o treinador.
Diferentemente da Copa do Brasil, em que não existe mais a regra do gol qualificado como visitante, na Copa Libertadores marcar fora de casa é interessante. Por exemplo: se o Cruzeiro empatar com gols no Rio de Janeiro e segurar um 0 a 0 diante de sua torcida, em Belo Horizonte, estará classificado para as quartas de final. Apesar de os regulamentos das competições serem distintos, Mano vê semelhanças entre confrontos da Libertadores e da Copa do Brasil.
“São jogos parecidos. Quando você está jogando a Copa do Brasil, vale a Copa do Brasil. Ela é tão importante quanto. Futebol é feito para ganhar. E ganhar jogos grandes sempre engrandecem uma equipe como grupo. Agora é outra competição, num palco ainda maior, então vamos nos preparar porque quarta-feira o bicho pega”.
Para enfrentar o Flamengo, o Cruzeiro não poderá contar com o volante/lateral-direito Lucas Romero, que cumprirá suspensão após receber três cartões amarelos. Os demais jogadores estão à disposição. Talvez por isso Mano Menezes evite cravar titularidade em posições com disputas em aberto, como é o caso do ataque, com o argentino Hernán Barcos e Raniel.
“Barcos tomou uma batida forte, vocês sabem disso, no jogo contra o Santos. Ele saiu do jogo por isso também. Vamos avaliar bem todas essas questões, ver as questões estratégicas, as características que esperamos e o que vamos propor para tirar o adversário do jeito que gosta de jogar. Tudo isso faz parte de grandes jogos. Estou contente por ter quase todos à disposição, à exceção do Romero, que está suspenso”.
Como de praxe às vésperas de compromissos decisivos, Mano deverá fechar para a imprensa ao menos a atividade de terça-feira, na Toca da Raposa II. Contudo, não há tanto mistério em relação à equipe para o duelo contra o Flamengo, uma vez que os titulares ganharam descanso nesse domingo, no empate por 1 a 1 com o Vitória, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. A provável escalação terá Fábio; Edilson, Dedé, Leo e Egídio; Henrique e Lucas Silva; Robinho, Thiago Neves e Arrascaeta (Rafinha); Barcos (Raniel).

O Cruzeiro encerrou a primeira fase da Copa Libertadores com o ataque mais positivo. Em seis jogos, marcou 15 gols, superando Palmeiras (14), Grêmio (13), Corinthians (11) e outras 28 equipes. No Grupo 5, o time venceu Universidad de Chile, por 7 a 0 (Mineirão); Vasco, por 4 a 0 (São Januário); e Racing, por 2 a 1 (Mineirão). Houve ainda empates com La U e Vasco, por 0 a 0 (Estádio Nacional de Santiago e Mineirão), e derrota para o Racing, por 4 a 2 (El Cilindro, em Avellaneda-ARG). Thiago Neves e Sassá, com quatro gols cada, são os artilheiros do time no torneio.

df.superesportes
Mostre mais

Artigos relacionados