EsporteNotícias

Torcida do Atlético pode pagar até R$ 240 em ingresso do clássico contra Cruzeiro

Quantia corresponde a um lugar do Setor Roxo Visitante, ao lado esquerdo da tribuna de imprensa

Os torcedores do Atlético podem pagar até R$ 240 no ingresso do clássico contra o Cruzeiro, domingo, às 16h, no Mineirão, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro. Esse é o valor de inteira correspondente ao Setor Roxo do estádio, que abrange o espaço reservado à torcida visitante, ao lado esquerdo da tribuna de imprensa.

Ao divulgar na terça-feira as condições da comercialização de entradas para os vinculados ao programa Sócio 5 Estrelas, o Cruzeiro estabeleceu preços bastante elevados para o Setor Roxo. Apenas o titular do cartão Cruzeiro Tradição, cuja mensalidade é de R$ 205, terá 100% de abatimento na aquisição de um bilhete do Roxo Superior. As demais variantes contariam com percentual de dedução entre 30% e 60%.
Ingressos Setor Roxo – Cruzeiro (já com o desconto)
Cruzeiro Tradição (100%) – R$ 0,00
Cruzeiro Ouro (50%) – R$ 120
Cruzeiro Prata (25%) – R$ 180
Cruzeiro Bronze (25%) – R$ 180
Cruzeiro Eterno (60%) – R$ 96
Cruzeiro Sempre (30%) – R$ 168
Não-sócios (0%): R$ 240
Habitualmente, a torcida visitante desembolsa R$ 120 para acessar o Mineirão em jogos de sua equipe contra o Cruzeiro pelo Brasileiro. A quantia sempre é a mesma paga pelos cruzeirenses não-sócios no Setor Roxo (inteira). Em casos esporádicos, a diretoria celeste aumentou o preço, como ocorreu contra o São Paulo, pela rodada de número 16 (derrota por 2 a 0): R$ 150.
Nos jogos da Copa do Brasil e da Copa Libertadores, o valor para o Setor Roxo Superior sofreu mudanças, mas não a ponto de dobrar. Veja abaixo os preços:
Cruzeiro 0x0 Vasco (Libertadores): R$ 180
Cruzeiro 7×0 Universidad de Chile (Libertadores): R$ 180
Cruzeiro 2×1 Racing (Libertadores): R$ 180
Cruzeiro 0x1 Flamengo (Libertadores): R$ 180
Cruzeiro 1×1 Atlético-PR (Copa do Brasil): R$ 100
Cruzeiro 1×2 Santos (Copa do Brasil): R$ 120
Cruzeiro x Palmeiras (Copa do Brasil): R$ 200
Cruzeiro x Boca Juniors (Libertadores): R$ 200

Carga de visitante

Por lei, o Atlético tem direito a 10% da carga de ingressos da partida. Mas o Cruzeiro entende que, nessa circunstância, deve ser aplicada a reciprocidade, já que no clássico do turno, no Independência, recebeu 1.871 do total de 22.341 bilhetes (8,3%). Se considerado o percentual em cima da capacidade de 60 mil do Mineirão, os atleticanos teriam à disposição 4.980 entradas. No cenário, o Setor Laranja também precisaria ser aberto aos alvinegros. Como é um espaço correspondente ao Setor Amarelo, o tíquete seria negociado por R$ 30 (inteira). A definição da distribuição de ingressos ocorrerá em reunião nesta quinta-feira entre os clubes e a Federação Mineira de Futebol.
Ainda sobre o clássico do turno, realizado em 19 de maio, o Atlético cobrou R$ 120 dos cruzeirenses. Só  que o presidente celeste, Wagner Pires de Sá, subsidiou metade do valor, e cada unidade foi negociada por R$ 60. Por lei, qualquer setor do Mineirão deve ter 60% de ingressos de inteira e 40% de meia-entrada. Ingressos vendidos para estudantes, idosos (maiores de 60 anos) e crianças de até 12 anos. Entradas destinadas para torcedores que não são sócios do clube celeste.

Minas Arena

Outra alternativa para o atleticano é adquirir o ingresso do setor Roxo Inferior, vendido pela Minas Arena: R$ 150 (inteira) e R$ 75 (meia). A concessionária do estádio deve divulgar em breve outros detalhes da comercialização avulsa de bilhetes.
df.superesportes.
Mostre mais

Artigos relacionados

Fechar