NotíciasPolícia

Vereador Genival Alves é preso por suspeita de compra de votos em São Luís- MA

Uma das principais ocorrências eleitorais em São Luís foi a prisão do vereador Genival Alves (PRTB) no bairro do Tibiri, zona rural da capital. Ele foi preso pelo 21º Batalhão da Polícia Militar com R$ 8 mil e uma série de santinhos e seria suspeito de estar comprando votos.

Além do dinheiro, foi encontrado com ele uma grande número de santinhos do próprio candidato, bem como do candidato a deputado federal Márcio Coutinho (PRTB) e do candidato a senador Sarney Filho (PV).

Uma lista com nomes e números de documento de eleitores também foram apreendidos em posse de Genival. Estas pessoas seriam os “vendedores” de voto.

O vereador, que também é candidato a deputado estadual, foi conduzido para a Superintendência da Polícia Federal, na Cohama, onde deve ser autuado em flagrante por compra de votos, que é um crime eleitoral.

O caso deve seguir sendo investigado pela Polícia Federal e pode afetar diretamente a eleição de Genival.

Quem é o candidato?

Genival tem 49 anos e foi eleito vereador de São Luís em 2016, onde desempenha o mandato desde o ano passado.

De acordo com sua declaração de gastos no Tribunal Superior Eleitoral, Genival teve uma receita de R$ 17 mil e gastou R$ 9 mil.

Fonte:Portalguara

Mostre mais