EsporteNotícias

Pressionado por torcida e pelo Santos, Atlético encara Ceará pelo Brasileiro

Vaga do Galo na Libertadores está ameaçada após vitória do Peixe

Pressão dentro e fora de campo. É assim que o Atlético enfrentará o Ceará, nesta segunda-feira, às 20h, no Castelão, fechando a 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. Durante a semana, o time alvinegro teve que conviver com dois protestos, o mais incisivo no sábado, na porta da Cidade do Galo, no último treino antes do duelo em Fortaleza. Além disso, o Galo viu o Santos encostar na tabela de classificação.

Com a vitória sobre o Fluminense, o Santos chegou aos mesmos 46 pontos do Atlético. O Alvinegro, que vê a vaga para a Copa Libertadores ameaçada, leva vantagem pelo número de vitórias (13 a 12) e por isso se manteve na sexta posição. Assim, uma vitória nesta noite é fundamental para o Galo tomar distância do Peixe e diminuir a desvantagem para o quinto colocado Grêmio, com 52 pontos.

O Ceará, por outro lado, ainda briga contra a temida zona de rebaixamento. A equipe do técnico Lisca está na 14ª posição, com 34 pontos.

Não deve haver novidades na escalação do Atlético. O zagueiro Leonardo Silva, que cumpriu suspensão contra o Fluminense, volta no lugar de Gabriel. Já o jovem Hulk entra no lugar de Fábio Santos, suspenso.

No primeiro treino coletivo da semana, na quinta-feira passada, Levir exigiu bastante intensidade dos jogadores. Seu auxiliar técnico, Luiz Matter, chegou a dar broncas no lateral-direito Emerson e no meia Bruninho. Já na sexta, o treinador optou por fechar as atividades à imprensa.

Conhecido por saber motivar os atletas em campo, Levir mandou o recado aos atletas: quer ver um espírito vencedor, que é a marca histórica do Galo.

“O Atlético tem que ter esse espírito vencedor, guerreiro. Isso compete aos atletas vencedores. Um time sem espírito é sem graça. Um jogador sem graça não serve para jogar no Atlético. Aqui se joga com emoção, o time vira e ninguém sabe como acontece. Aqui tem vibração. Espero que todos entendam isso. Talvez tenha passado um tempo que alguém não tenha pensado nisso”, disse o treinador.

Ceará

Ao contrário do Atlético, que teve a semana cheia para trabalhar, o Ceará conviveu com viagens e enfrentou o Cruzeiro, na quinta. O Vozão venceu, no Mineirão, por 2 a 0.
Para o duelo no Castelão, o técnico Lisca contará com o retorno do lateral-direito Samuel Xavier, que cumpriu suspensão contra o Cruzeiro, e garantiu que escalará o atacante Juninho Quixadá. O mais provável que seja na vaga de Ricardinho.
“Estou trabalhando muito os atletas que não atuaram na última partida. Nesta reta final, eu acredito que vai dar uma apertada no calendário e o tempo entre um jogo e outro vai ser muito curto. Então, precisamos otimizar. A gente precisa focar nos aspector físicos, mentais, técnicos e táticos dos jogadores, além de recuperar algumas peças, o que é muito importante. Para essa partida, vou poder contar com o retorno do Samuel e do Quixadá”, afirmou o treinador.
O próprio Lisca estará de volta aos gramados. O técnico cumpriu suspensão no Mineirão após ter sido expulso contra o Palmeiras. Quem comando o Ceará em solo mineiro foi o auxiliar Marcelo Rospide.
CEARÁ X ATLÉTICO
Ceará
Everson, Samuel Xavier, Tiago Alves, Luiz Otávio e João Lucas; Juninho e Richardson; Calyson, Juninho Quixadá e Leandro Carvalho; Arthur
Técnico: Lisca
Atlético
Victor, Emerson, Leonardo Silva, Maidana e Hulk; Adilson e Elias; Luan, Cazares, Chará e Ricardo Oliveira.
Técnico: Levir Culpi
Motivo: 31ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: Arena Castelão, em Fortaleza
Data e hora: segunda-feira, 29 de agosto, às 20h
Árbitro: Wagner Reaway (Fifa/MT)
Assistentes: Alessandro Alvaro Rocha de Matos (Fifa/BA) e Eduardo Gonçalves da Cruz (MS)

df.superesportes

Mostre mais

Artigos relacionados