NotíciasPolícia

Suspeito de matar garoto de 8 anos é executado com 20 tiros por homens armados que invadiram imóvel onde ele se escondia

Caso aconteceu na madrugada de segunda-feira (14), no bairro Paquetá, na cidade de Eunápolis. Jovem acompanhou velório da criança.

O suspeito de balear e matar o garoto Joelson Neto França de Oliveira, de 8 anos, na cidade de Eunápolis, no sul da Bahia, foi morto a tiros por homens que invadiram a casa onde ele estava escondido, na madrugada desta segunda-feira (14).

Segundo informações da Polícia Civil, cerca de oito homens invadiram a casa onde o jovem estava escondido, levaram ele para o lado de fora do imóvel e o mataram com cerca de 20 tiros. Ele foi identificado como João Vitor Fonseca Cardim, de 20 anos.

O caso está sob investigação da Polícia Civil, que informou que a morte de João Vitor pode ter sido uma represália por ele ter matado o garoto Joelson, ou o crime pode se tratar de uma “queima de arquivo”.

Após matar o menino de 8 anos, João Vitor chegou a acompanhar o velório da criança.

Caso

O crime aconteceu no início do mês, quando o garoto estava em um bar com o tio, que era o alvo dos disparos. A suspeita é de que João Vitor tenha agido a mando de um traficante, em uma cobrança de R$ 400 de uma dívida de drogas.

O tio da vítima e alvo dos disparos, Iago França dos Anjos, de 24 anos, também foi baleado na ação. Na época, ele foi levado para o Hospital Regional de Eunápolis. Não há informações sobre se ele já recebeu alta médica.

Iago prestou depoimento à polícia e contou que contraiu a dívida ao atuar no tráfico de drogas. Ele disse que não atua mais no tráfico e que quitou a dívida semanas antes do ataque.

 

 

Por:G1

Mostre mais