NotíciasPolítica

Ciro Gomes: “Colocaram um adolescente tuiteiro para governar”

A ação do presidente Jair Bolsonaro nas redes sociais levou o ex-candidato à Presidência, Ciro Gomes (PDT) a romper a trégua de 100 dias para que o governo apresentasse algum resultado.

O líder pedetista também usou as redes sociais para criticar o presidente. “Colocaram um garoto de 13 anos, um adolescente tuiteiro, para governar o País”, escreveu Gomes em sua conta no Twitter na noite desta segunda-feira (11).

Ciro Gomes entrou na polêmica com Bolsonaro em razão do comportamento do presidente nas redes sociais, algo que fez durante a pré-campanha e a campanha eleitoral e mantém no exercício mais alto cargo da República.

Depois de compartilhar um vídeo escatológico para atacar as manifestações de foliões contra seu governo, Bolsonaro aumentou os ataques contra a imprensa. Neste domingo compartilhou uma informação falsa que atribui a uma repórter do jornal “Estadão” a intenção de prejudicar o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) e o chefe do Executivo. A atitude recebeu duras críticas da OAB, de entidades de jornalistas e de veículos de comunicação.

Do redação, com informações de agências

    Mostre mais
    Fechar