MaranhãoNotícias

Prefeitura leva Programa de Aquisição de Alimentos à Vila Bacanga e a hospitais da rede municipal

Programa colocado em prática pela gestão do prefeito Edivaldo visa combater a insegurança alimentar com distribuição de mais de 30 itens de hortifrutis destinados a famílias em vulnerabilidade social e também a complementar alimentação em unidades municipais de saúde

Uma variedade de gêneros alimentícios entre frutas, verduras e legumes foram distribuídos pela Prefeitura de São Luís, em mais uma edição do Programa de Aquisição de Alimento (PAA), colocado em prática pela gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior como parte das ações de combate a insegurança alimentar na capital. As cestas com mais de 30 itens de hortifrutis beneficiaram cadastrados no Centro de Referência e Assistência Social (Cras) do bairro Vila Bacanga, área Itaqui-Bacanga. A entrega realizada nesta tarde de terça-feira (12) beneficiou 150 famílias da localidade. Foram contempladas ainda com as cestas, unidades hospitalares da rede municipal de São Luís.

O programa municipal se consolidou como uma das mais importantes ações de segurança alimentar da Prefeitura, no combate à fome e desnutrição, garantindo alimentos saudáveis na mesa dos contemplados e proporcionando renda às famílias produtoras. No conjunto de produtos distribuídos pelo PAA estão folhas, verduras, frutas, farinha, feijão, polpa de fruta e uma variedade de itens que têm como principal característica a qualidade nutritiva, ressalta a secretária municipal de Segurança Alimentar (Semsa), Fatima Ribeiro.

“O programa é um destaque da gestão do prefeito Edivaldo na área social e de segurança alimentar que atende diretamente a população mais vulnerável. Nosso direcionamento é avançar com esse programa e contemplar cada vez mais pessoas”, enfatiza Fatima Ribeiro. A gestora destaca ainda a amplitude do programa na movimentação de uma ampla cadeia produtiva, tendo grande impacto social. “Desde a implantação e agora com a manutenção do programa, foram reunidos todos os esforços da gestão do prefeito Edivaldo em benefício de quem mais necessita”, pontua.

Para as pessoas beneficiadas com as cestas de alimentos, o PAA vem complementar as refeições de casa, tornando-as mais saudáveis e gerando economia para às famílias. É o que pensa a dona de casa Maria Expedita Moreira, 46 anos. Mãe de quatro filhos menores de idade, para ela os alimentos reforçam a alimentação familiar e ainda traz economia. “Eu vi tudo que tem aqui e gostei bastante. São coisas que já não vou ter que comprar agora e a gente vê que é tudo de boa qualidade. Para mim e para quem não tem é muito importante essa ajuda”, disse.

O marceneiro Manoel da Cruz Santos, 66 anos, enfatizou o diferencial do programa para quem precisa complementar a alimentação. “Alimento é importante, é bom. Todos os dias o ser humano precisa comer e quando a família é grande e tem poucas condições, toda ajuda é bem-vinda. Esse programa é muito importante”, avaliou.

HOSPITAIS

Os alimentos também foram entregues em unidades hospitalares da rede municipal e servirão de complemento às refeições de pacientes nos Hospitais da Mulher e Odorico Amaral de Matos – Hospital da Criança. Nas unidades foram entregues cestas contendo mais de 30 itens, incluindo polpa de frutas, folhas variadas, leguminosas, frutas e farinha d’água.

“Essa variedade de produtos possibilita o preparo de um número maior de receitas, que contribuem também para a boa recuperação dos pacientes”, enfatiza nutricionista do Hospital da Criança, Josenilde Silva. Iniciadas este ano, as doações aos hospitais reforçam a alimentação servida aos pacientes, ampliando a variedade de produtos e opções de preparo.

SEGURANÇA ALIMENTAR

O PAA atende pessoas cadastradas nos Centro de Referência e Assistência Social (Cras) e Centro Especializado de Referência e Assistência Social (CREAS), além de instituições de apoio social como a Casa do Bairro, Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro Pop), coordenados pela Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas). Os recursos são destinados pelo Governo Federal com a contrapartida do Governo do Estado e execução da Prefeitura de São Luís.

Mostre mais

Artigos relacionados