EsporteNotícias

Em crise e com foco na final do Carioca, Vasco faz jogo decisivo contra o Avaí

No jogo de ida, o time carioca venceu por 3 a 2, em Florianópolis

Antes de se concentrar na final do Campeonato Carioca, contra o Flamengo, o Vasco tem outra decisão. A equipe de Alberto Valentim enfrenta o Avaí, nessa quarta-feira, às 21h30, no estádio da Ressacada, em Florianópolis, na partida de volta da terceira fase da Copa do Brasil.

No jogo de ida, o Vasco abriu vantagem e venceu por 3 a 2. Assim, o time catarinense precisa de qualquer triunfo por um gol de diferença para levar a decisão para os pênaltis. Se ganhar por um placar mais elástico, garante a vaga no tempo normal.

No Vasco, a principal novidade será o retorno de Maxi López, que se recuperava de uma lombalgia e volta a ter condições de jogo. Mesmo assim, o argentino deve começar como opção no banco de reservas, com Tiago Reis, que aproveitou muito bem as chances que teve como titular, mantido na equipe. Já o zagueiro Leandro Castán e o atacante Rossi seguem lesionados e não foram nem relacionados para a partida. Ricardo Garça e Marrony entram em seus lugares.

Apesar da classificação para a final do Campeonato Carioca, o Vasco teve dias conturbados, que começou com a recusa dos jogadores de participar da concentração por conta de atrasos de salários e passou pelo afastamento de Thiago Galhardo, que não faz mais parte do elenco e será negociado.

O Avaí, por sua vez, pôde descansar os titulares no último fim de semana, já que estava classificado para as semifinais do Campeonato Catarinense e enfrentou a Chapecoense com um time misto pela última rodada da primeira fase do estadual.

Com o retorno dos principais jogadores, o técnico Geninho deve mandar a campo o que tem de melhor e acredita que o momento de crise do adversário pode pesar a favor do Avaí.

“O Vasco mudou um pouco algumas peças, um pouco da postura. Está mais pressionado do que na partida de ida. Encaramos um Vasco invicto e em grande fase. Agora, apesar de vir bem, está na final contra o Flamengo, mas vive uns problemas internos e pressão. Espero que isso possa nos favorecer”, declarou Geninho.

 

Fonte:dfsuperesportes

Mostre mais

Artigos relacionados

Fechar