NotíciasPolícia

Polícia prende dois homens e apreende quatro adolescentes infratores suspeitos de assaltar ônibus em São Luís

Policiais do Batalhão Tiradentes prenderam dois homens e quatro adolescentes infratores suspeitos de participar de assaltos a ônibus, em São Luís. As prisões ocorreram no bairro Coroado e no Anel Viário. Foi apreendida uma motocicleta CB300, 27 embalagens de entorpecentes e dois simulacros de arma de fogo.

No bairro Coroado, foi preso Rubemauro Lopes de Souza, de 43 anos, que já vinha sendo investigado pelo Grupo de Serviço Avançado (GSA) do Batalhão Tiradentes. Ele foi apontado como um dos integrantes de um grupo especializado em assaltar coletivo.

Durante as investigações, o Batalhão Tiradentes recebeu informações de que, no endereço de Rubemauro havia intensa comercialização de tráfico de entorpecentes, além de servir como depósito de possíveis produtos oriundos de roubos e furtos.

Durante as buscas no local, foram encontrados um simulacro de arma de fogo tipo pistola, uma motocicleta de modelo Honda CB300, produto de roubo.

Em continuidade às ações, foram encontradas, uma quitinete ao lado, 22 embalagens de crack, 5 embalagens de maconha e 16 munições de arma de fogo, de calibre 40.

Rubemauro foi conduzido ao Plantão da Delegacia do Itaqui Bacanga, sem lesões corporais, para que fossem tomadas as medidas cabíveis.

Outros envolvidos em assaltos a coletivos

Na segunda operação, a guarnição do Batalhão Tiradentes, prendeu, no Anel Viário, cinco suspeitos de praticar assaltos a coletivos. O grupo, em atitude suspeita, adentrou no coletivo que  faz linha para o bairro do Residencial Paraíso, na área Itaqui-Bacanga..

Na revista aos mesmos, foi encontrado um simulacro de arma de fogo. Após as prisões, foi contatado que três dos acusados tinham outras passagens pela polícia, inclusive por roubo praticado em coletivo.

Os criminosos presos foram identificados por Celton Silva Vinhas, de 20 anos, e quatro adolescentes infratores.

Eles foram conduzidos e apresentados, sem lesões corporais, na Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), para adoção de medidas cabíveis.

 

 

Fonte:Gilbertolima

Mostre mais