NotíciasPolíciaPolítica

Vereador de São Luís Astro de Ogum e dois assessores são presos pela Seic

O vereador de São Luís Astro de Ogum (PR) e mais dois assessores foram presos na residência do parlamentar, em São Luís, na manhã desta quinta-feira (12), pela Polícia Civil do Maranhão. As prisões dos assessores foram por decisão da Justiça, enquanto o vereador foi preso em flagrante por conta de uma arma de fogo ter sido encontrada em sua residência sem o devido porte, segundo a polícia.

Segundo o superintendente Estadual de Investigações Criminais, Armando Pacheco, um dos assessores presos, Raimundo Costa, conhecido também como “Filho”, trocava mensagens com pessoas na internet e conseguia material suficiente das vítimas para começar a extorqui-las.

“Raimundo Costa conhecia as vítimas e depois ameaçava divulgar material delas na internet. Assim as forçava a praticar sexo com ele, com a Raíssa Martins Mendonça (outra presa) e com o próprio vereador, segundo nos contou a vítima. Dos dois assessores nós conseguimos elementos suficientes para pedir as prisões, do vereador conseguimos um mandado de busca e apreensão em sua residência”, disse Armando Pacheco.

O superintendente disse ainda que pelo menos uma vítima já foi confirmada, que é um adolescente. O jovem quem procurou a polícia. O crime que fundamentou os mandados de prisão dos assessores foi “estupro mediante fraude”, de acordo com o próprio Armando Pacheco.

Todos os três estavam sendo levados pelos agentes para a sede da Superintendência Estadual de Investigação Criminal (SEIC), mas o vereador passou mal e foi encaminhado antes para um hospital da cidade. A operação é desenvolvida pelo Departamento de Combate a Crimes Tecnológicos. A Polícia Civil deve divulgar mais detalhes da operação em coletiva de imprensa durante a manhã desta quinta-feira.

G1 entrou em contato com a assessoria do vereador Astro de Ogum e aguarda retorno.

Generval Martiniano Moreira Leite, mais conhecido como Astro de Ogum, começou a atual legislatura como presidente da Câmara de Vereadores de São Luís e agora segue como vice-presidente.

Na manhã desta quinta-feira (12), o delegado Odilardo Muniz, titular do Departamento de Crimes Tecnológico – cumpriu mandado de busca e apreensão na residência do vereador Astro de Ogum, vice presidente da Câmara Municipal de São Luís.

Astro de Ogum foi conduzido para Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), acusado de suspeita de práticas sexuais com adolescentes e posse de arma.

O caso está sendo investigado há um ano, e foi decretado mandado de prisão preventiva pelo juiz da Central de Inquerito- Flávio Roberto.

Fonte:G1

Mostre mais