BrasilNotícias

Detran informa que mais de 2 mil motoristas podem perder a CNH

Ao total, são 2.332 motoristas que terão que entregar sua carteira de motorista ao órgão. Alguns condutores poderão entrar com recursos contra decisão.

Detran divulgou uma nota no Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro, alertando os 4.057 motoristas que estão com processo aberto de suspensão da habilitação e não receberam a notificação após três tentativas, por meio do Correios.

Desse total, 2.332 motoristas precisam entregar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), enquanto os 1.647 restantes foram notificados acerca da abertura do processo e podem recorrer a decisão na Junta Administrativa de Recursos de Infração (JARI). De acordo com o Detran, os condutores poderão recorrer também na Defesa Prévia de Atuação e no Conselho Estadual de Transportes (Cetrans). Caso o recurso seja negado nas três instâncias, a CNH deverá ser entregue ao órgão.

Com isso, os cidadãos notificados poderão recorrer gratuitamente em postos distribuídos no estado e também pela internet. Para atendimento físico, será preciso buscar as unidades de serviço ou em protocolos externos, localizados nos bairros: Bangu, Centro, Campo Grande, Catete, Ilha do Governador, Jacarepaguá e Recreio dos Bandeirantes.

Para recursos online, o condutor deverá entrar no site do Detran, clicar no ícone “Infrações” e buscar novamente por “Infrações”. Em seguida, será preciso clicar em “Defesa/Recursos Online”.

Alerta para golpes

O Detran alerta os motoristas acerca de um golpe que vêm ocorrendo, lembrando que o órgão não autoriza a terceiros entrarem em contato com os condutores acerca da notificação. Em caso de assédio, o cidadão poderá realizar também uma denúncia pelo próprio site do Detran.

Para isso, basta descer até o fim da página e clicar em “Corregedoria”, e em seguida no item “Denúncia”.

Mudança na quantia máxima de pontos na CNH

A proposta que altera o número máximo de pontos na CNH deve ser enviado ao Congresso ainda esta semana. De acordo com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, o governo pretende aumentar o limite para 40 pontos. Atualmente, o limite máximo é de 21 pontos, fato que leva a suspensão da CNH. Para Freitas, o aumento nos pontos irá acelerar a suspensão da carteira em caso de infrações graves e gravíssimas.

Além disso, a medida visa também mudar o prazo para renovação da carteira. Com isso, o tempo passará de 5 para 10 anos. No caso de motoristas com 50 anos ou mais, a prova de renovação deverá ser feita a cada cinco anos.

 

Fonte:Editalconcursosbrasil

Mostre mais