EsporteNotícias

Com derrota, Cruzeiro chega a 86% de risco de rebaixamento

Disputa do clube mineiro será apenas com o Ceará para decidir quem fica na Série A em 2020; veja também chances de classificação para a Libertadores

Com a derrota do Cruzeiro para o Vasco, por 1 a 0, em São Januário, na partida que fechou a 36ª rodada do Campeonato Brasileiro, Fluminense e Botafogo se livraram matematicamente do risco de rebaixamento.

Faltando duas rodadas para o fim do Brasileirão, a Raposa e o Ceará seguem na briga contra a queda para a Série B. O CSA está virtualmente rebaixado, pois para escapar precisaria tirar uma desvantagem de 26 gols de saldo em relação ao Vozão.

Na briga pela vaga na fase de grupos da Libertadores, Santos, Palmeiras e Grêmio já estão assegurados, além de Flamengo, campeão da principal competição da América do Sul, e Athletico-PR, campeão da Copa do Brasil. O São Paulo está próximo de conquistar a última vaga, mas briga com Internacional e Corinthians. Confira abaixo os números do matemático Tristão Garcia, do site Info Bola.

David lamenta derrota do Cruzeiro em São Januário — Foto: André Durão
David lamenta derrota do Cruzeiro em São Januário — Foto: André Durão

Risco de rebaixamento

  • Avaí – 100%
  • Chapecoense – 100%
  • CSA – 99%
  • Cruzeiro – 86%
  • Ceará – 15%

Vaga na fase de grupos da Libertadores

  • Flamengo – 100%
  • Athletico-PR – 100%
  • Santos – 100%
  • Palmeiras – 100%
  • Grêmio – 100%
  • São Paulo – 73%
  • Internacional – 24%
  • Corinthians – 3%

 

Fonte:Globoesporte

Mostre mais