BrasilNotícias

Governo libera pedidos de seguro-desemprego atrasados

O problema no processamento dos pedidos de seguro-desemprego ocorre por causa da interferência de novas modalidades de saque do FGTS

Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia informou que foram reprocessados 67.523 requerimentos de seguro-desemprego pendentes por causa da nova modalidade de saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Na última semana houve um atraso na liberação do seguro-desemprego por causa do saque imediato de até R$ 998 do FGTS. No dia 16, a Secretaria do Trabalho informou que os trabalhadores que estivessem com dificuldade de acessar o benefício teriam seus pedidos reprocessados e liberados até esta quarta-feira (22/01/2020). As solicitações que foram feitas a partir de segunda-feira (20/01/2020) deveriam ser liberadas automaticamente.

O pagamento das parcelas está agendado para começar em 28 de janeiro, de acordo com informações repassadas pelo governo. A liberação da primeira parcela ocorrerá 30 dias após a data de requerimento. As demais são pagas com intervalo de um mês da primeira parcela

O atraso na liberação dos pedidos de seguro-desemprego ocorre por causa da interferência de toda movimentação que ocorre no FGTS. Segundo a secretaria, pedidos que não tinham outros impedimentos já foram liberados e novas solicitações não devem ser bloqueadas.

 

 

Fonte:Metropolis

Mostre mais

Artigos relacionados

Fechar