EsporteNotícias

Com um jogador a menos, Vitória segura empate contra o Imperatriz e avança na Copa do Brasil

Em noite de pouco futebol, Rubro-Negro tem Guilherme Rend expulso, mas consegue segurar resultado suficiente para se classificar para a segunda fase

No limite

Nem mais, nem menos. O Vitória fez o suficiente diante do Imperatriz, na noite desta terça-feira, para avançar de fase na Copa do Brasil. No estádio Frei Epifânio, em Imperatriz, o Leão sofreu com gramado irregular, ficou com um jogador a menos após expulsão de Guilherme Rend, mas segurou empate sem gols. O resultado foi o que a equipe comandada por Geninho precisava para se classificar para a segunda fase da Copa do Brasil.

 

Primeiro tempo

Imperatriz-MA e Vitória se enfrentam no estádio Frei Epifânio

Com a obrigação de vencer o jogo para avançar, o Imperatriz tomou a iniciativa. Quase todas as jogadas do Cavalo de Aço nasceram pelo lado direito, com Hudson. Contudo, o time por vezes forçou o cruzamento e demorou a chegar com perigo. Somente na parte final da etapa inicial, conseguiu criar ótimas chances com Lucas Campos e Joélson. Já os visitantes tiveram postura agressiva no finalzinho, em chances de Vico, mas ficaram praticamente nisso. Armado para o contra-ataque, o Leão sofreu com o gramado irregular e só foi chegar com perigo novamente em cobrança de falta de Thiago Carleto.

 

Segundo tempo

Imperatriz-MA e Vitória se enfrentam no estádio Frei Epifânio
Imperatriz-MA e Vitória se enfrentam no estádio Frei Epifânio (Foto: Vagner Jr./Coluna do Futebol)

A etapa final seguiu o roteiro do primeiro tempo, com o Imperatriz em cima do Vitória buscando o gol da classificação. Contudo, o problema na criação persistiu, e os mandantes só chegaram em chutes de longe, que pouco assustaram o goleiro Ronaldo. Do outro lado, o Leão também penou para chegar ao gol de Waldson. A situação ainda piorou para o time de Geninho após expulsão de Guilherme Rend, que retardou o jogo e recebeu o segundo cartão amarelo aos 37 minutos. Só que, mesmo com um jogador a mais, o Cavalo de Aço não conseguiu sequer exigir uma defesa de Ronaldo e acabou desclassificado.

 

Pediu pênalti

Breno recebe livre para finalizar, mas opta por cavar o pênalti e juiz dá amarelo, aos 25 do 5º
Breno recebe livre para finalizar, mas opta por cavar o pênalti e juiz dá amarelo, aos 25 do 5º

O Imperatriz ficou na bronca com o árbitro Wanderson Alves de Sousa por conta da não marcação de pênalti de Guilherme Rend no meia Breno, aos 25 minutos do segundo tempo. No lance, o jogador do Cavalo de Aço acabou recebendo cartão amarelo por simulação. Segundo o comentarista de arbitragem Paulo Cesar de Oliveira, o árbitro acertou.

 

Como fica

O Vitória aguarda agora na segunda fase da Copa do Brasil o vencedor de Lagarto x Volta Redonda, que. Os times se enfrentam somente agora no dia 19 deste mês, em Sergipe.

 

Fonte:Globoesporte

 

Mostre mais

Artigos relacionados

Fechar