NotíciasPolítica

Governo mantém decisão de não fazer concursos públicos e aposta em servidores temporários

247 – O serviço público brasileiro está à beira de um colapso, com a decisão do ministro da Economia Paulo Guedes de não abrir novos concursos.

A válvula de escape é a contratação de servidores temporários. A Medida Provisória apresentada pelo governo na última segunda-feira (2) aumenta o número de atividades cobertas por servidores temporários, em prazo de 6 meses a 4 anos.

O governo crê que com esse tipo de contratação poderá evitar a paralisia do serviço público até o fim do mandato de Jair Bolsonaro, informa o Painel da Folha de S.Paulo.

Mostre mais

Artigos relacionados

Fechar