Na manhã da última segunda-feira, dia 16 de Março, o vereador Ivaldo Rodrigues (PDT), solicitou à Mesa Diretora da Câmara Municipal de São Luís, a instalação do Comitê de Crise e Prevenção ao Coronavírus.

Segundo o parlamentar, uma força tarefa tem que ser feita por precaução. “Estamos vendo, em todo Brasil, vários casos de pessoas que contraíram o Coronavírus. Aqui, no Maranhão, até o momento, nenhum caso foi confirmado. O Comitê terá a finalidade de prevenir todas as pessoas que fazem parte da Casa Legislativa. Unindo esforços, vamos vencer esse vírus”, disse.

Sobre o Comitê

Vereadores, servidores, colaboradores que apresentarem sintomas de contaminação pelo Covid-19, deverão ser afastados do trabalho, sem prejuízo de sua remuneração, pelo período mínimo de 14 dias ou conforme orientação médica.

Aqueles que regressarem do exterior, ainda que assintomáticos, deverão permanecer afastados por 14 dias, a partir do retorno ao Brasil, período em que será feito o resguardo domiciliar, para a observação de sinais e sintomas compatíveis com o Coronavírus.

Assegura que, os servidores e colaboradores maiores de 60 anos e os portadores de doenças crônicas – que integram grupo de risco de mortalidade por Covid-19, poderão optar pela execução de suas atividades por trabalho à distância, cujos critérios de medição serão estabelecidos conforme o caso.

Suspensão de atividades de capacitação, treinamento e cursos de aperfeiçoamento presenciais, que impliquem aglomeração de pessoas.

Nos dias de sessões plenárias, evitarem o máximo de pessoas circulando no plenário.

A Câmara deverá manter cartazes de orientação, ofertar máscaras descartáveis para os funcionários e visitantes que apresentarem sintomas correspondentes ao Covid-19, bem como disponibilizar álcool gel nos corredores, gabinetes dos vereadores e setores da Casa Legislativa.