247 – O ataque de Jair Bolsonaro à jornalista Patrícia Campos Mello da Folha de S.Paulo, com ofensa de cunho sexual, e a ampla difusão do insulto nas próprias redes sociais do ocupante do Palácio do Planalto, motivaram a ação judicial.

No dia 18 de fevereiro, Jair Bolsonaro insultou com insinuação sexual a jornalista Patrícia Campos Mello, do jornal Folha de S.Paulo, por causa de reportagens sobre o disparo em massa de fake news no WhatsApp para favorecer o ocupante do Planalto.  “Ela [repórter] queria um furo. Ela queria dar o furo a qualquer preço contra mim [risos dele e dos demais]” – disse Bolsonaro em entrevista diante de um grupo de simpatizantes em frente ao Palácio da Alvorada.

As informações são da Folha de S.Paulo